Extra Tarde

Cursos de 16 horas nos dias de segunda, terça, quarta e quinta de 13h15 até 17h15 com certificação

Clique aqui para ver os preços dos cursos, visitas e workshops

O ENSINO DE CIÊNCIAS PARA EQUIDADE SOCIAL

Sala: LadQUIM – Polo de Xistoquímica

Professores: Joaquim Fernando Mendes da Silva – UFRJ, Viviane Gomes Teixeira – UFRJ, Adriana dos Santos Lages – UFRJ e Antônio Carlos de Oliveira Guerra – UFRJ

Local: As aulas serão desenvolvidas no Laboratório Didático de Química (LaDQuim) do IQ/UFRJ

Resumo: A Constituição de 1988 é um marco em relação ao reconhecimento da igualdade entre os cidadãos, evidenciando que todos devem ter o mesmo tratamento perante a lei e na lei. Apesar desse avanço constitucional, muito ainda temos que progredir diante de desigualdades como, por exemplo, a da qualidade do ensino básico, que tem apresentado problemas claros, indicados por testes de proficiência como o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Os resultados desses testes revelam, além da baixa qualidade da educação de forma absoluta, uma desigualdade em termos de desempenho relacionada a sexo, cor/raça, região e sistema de ensino, o que demonstra como os fatores socioeconômicos e culturais determinam o sucesso escolar no Brasil. A fim de que se consiga não somente atingir a melhoria da qualidade de ensino, mas também a equidade de desenvolvimento cognitivo entre alunos(as) de diferentes características, é necessário considerar ações que envolvam as três estruturas que influenciam tal desenvolvimento, ou seja, a escola, a família e a condição socioeconômica e cultural. Dentre esses, a escola se constitui como um espaço de construção sistematizada de saberes específicos que visa proporcionar ao indivíduo a reflexão sobre conhecimentos construídos pela humanidade superando o senso-comum. A educação científica na escola tem, portanto, a função de formar cidadãos com potencial de participação crítica na elaboração e análise de políticas de desenvolvimento científico, tecnológico e econômico de sua sociedade. Sendo assim, este minicurso tem por objetivo trazer ao licenciando/professor estratégias metodológicas de ensino de ciências que visem à melhoria do desempenho de alunos pertencentes a grupos menos favorecidos.

Conteúdo:
Módulo I: Ensino de Ciências por investigação;
Módulo II: Equidade social e a escola;
Módulo III: Teoria histórico-cultural de Vigotski;
Módulo IV: Experimentos de ensino de Ciências, sendo este último de aula prática.